Carmo Bráz de Oliveira

Por Amor

Textos

Devaneio
Em meus silêncios
Já nem sei o que procuro
Gestos indefesos
Escondidos atrás do muro

Este tapume da verdade
Do amor por declarar
Reveste-se de insanidade
Sempre a desencontrar

Assim então te vejo
Anjo negro em minha vida
E aumenta meu desejo

De provar-te de seu beijo
A espera deste ensejo
Triste ação tão descabida.
Carmitto
Enviado por Carmitto em 24/06/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras